programa performativo

para assistir árvores

Janaína Moraes (DF) e Fany Magalhães (MG) iniciam suas trocas entre as estruturas da Biblioteca Estadual Cromwell de Carvalho durante residência artística em Teresina/PI. Na ocasião, Janaína Moraes facilitava a residência, compartilhando sua pesquisa sobre convites coreográficos, com o enfoque em criações performativas a partir de sítios específicos.

 

Fany Magalhães junto à duas artistas, Gabriele Trigueiro e Teodora Matos, criaram e desenvolveram a ação No tempo das árvores, diretamente nutrida pelos olhares de Fany em sua cartografia de pontos de fuga, sob as articulações e provocações de Janaína. Do experimento em residência e da aproximação de suas pesquisas, Janaína e Fany decidem dar andamento às suas investigações em colaboração, elaborando a estrutura do Programa em questão, recriado a cada contexto em que se insere.

Mergulhadas em inquietações do mundo, do aqui e agora, as artistas percebem a oportunidade de dar desenvolvimento às suas explorações já iniciadas, conectando-se, para além de seus próprios lugares geográficos. Assim, propõem encontros, ações compartilhadas que atravessem cotidianos com produções poéticas que acreditam em futuros plantados a diversas mãos - o amanhar poético. Ao rastrear a cidade, transformando cantos em canteiros, celebram a possibilidade de pensar e construir paisagens coreográficas coletivas.

ENTRE EM CONTATO

Email: abrindoasala@gmail.com

Tel: 61 98205-3850 / WhatsApp: +61 0 411 504 153

  • Grey Facebook Icon